SEGUIDORES: FAÇA PARTE VOCÊ TAMBÉM!

15 de dez de 2009

Quanto vale uma lágrima?


Pudesse eu ter o conhecimento alquímico que me permitisse cristalizar uma qualquer lágrima de alguém que chora… eu seria a pessoa mais rica do mundo! Mais rica do que se possuísse todas as pedras e metais nobres que se acomodaram ao longo de milhões de anos nas gangas rochosas da Terra.

As lágrimas aumentam o seu valor ao longo do tempo, precisamente o fenômeno inverso que acontece ao vil metal. Aquelas dão-se. O dinheiro recebe-se, rouba-se, acumula-se, especula-se mas ele não se multiplica - apenas divide.
As lágrimas são inesgotáveis e cumulativas: quando choramos, elas trazem consigo todas as mágoas e sofrimentos contidos no coração, convertendo-se em pequenas pérolas de água e sal.
Na infância valem inocência, na maturidade – sabedoria. Tal como o ouro é provado no fogo, as lágrimas são purificadas no coração. Por isso, não posso deixar de recordar a grande portuguesa que escreveu e cantou:
“Se eu soubesse que morrendo
Tu me havias de chorar
Por uma lágrima tua
Que alegria me deixaria matar”
Muito menos deixar de dizer a vocês meus queridos ex-alunos da 4ª Série: MUITO OBRIGADO POR TUDO. Inclusive pelas lágrimas. Isso não tem preço!

Um comentário:

  1. Professor ROGERIO, voce nao tem que agradecer, nos é que temos que lhe agradecer por tudo que voce fez por nós.Sei que fizemos muitas travessuras e brincadeiras com outras professoras, mas se magoamos alguém, pedimos desculpas. Esse ano passou muito rápido, mas tenho certesa que foi bom para mim e para os meus colegas. [Professor, obrigada por tudo] DE DAYANE COM MUITAS SAUDADES.

    ResponderExcluir

Caro visitante,
Deixe seu comentário para que, assim, possamos melhorar este Blog e, consequentemente, levar melhores oportunidades de leitura às nossas crianças.

Related Posts with Thumbnails