SEGUIDORES: FAÇA PARTE VOCÊ TAMBÉM!

12 de mai de 2010

Greve dos Educadores em MG continua

Educadores da Rede Estadual de Ensino, em greve desde o dia 8 de abril, decidiram nesta tarde pela continuidade do movimento. A greve foi considerada ilegal pela justiça alegando que a mesma seja política. Toda greve, na verdade, é política. Esta não foge à regra, mas não é partidária. Já dizia Paulo Freire: "Educar é um ato político". E o que pensam aqueles que julgaram a ilegalidade da greve sobre o famoso "Analfabeto Político"?
O fato é que o movimento grevista no estado vem crescendo. A insatisfação com os salários vergonhosos praticados pelo governo estadual e a sua insistência em não negociar com a categoria vem dando mais força ao movimento que é movido pela indignação com o desrespeito a uma classe tão merecedora de valorização.
Mas parece que o governo Aécio/Anastasia não está muito preocupado, ou não estava até hoje, senão veja declarações dadas pelo último por ocasião da Expozebu, em Uberaba: "Não me importo com estes grevistas. Não preciso deles para me eleger governador. Minas Gerais paga um dos melhores salários da América Latina. Prova disso são os professores que gostam de meu governo e continuam nas escolas trabalhando normalmente, satisfeitos com os salários."
Diante desse quadro, a categoria decidiu pela continuidade da greve e foi às ruas dar o seu recado. Acompanhe.
Encenação: Educadores encenam o velho teatro do governo (opressão e ameaças)
















A Rede Globo esteve lá! Será que vão mostrar pra todo mundo? Ou fazer como das outras vezes?
















O pátio da Assembleia Legislativa, mais uma vez, ficou pequeno: mais de 8 mil profissionais da educação

Educadores saem às ruas mostrando a população a intenção de negociar com o governo. "Carpideiras" lamentam a ausência do governador que se esquiva de todas as formas da negociação.
Recepção "à la Aécio/Anastasia": o passeio de  helicóptero você já sabe quanto custa e quem paga

Veja na próxima postagem os vídeos da manifestação.

Um comentário:

  1. Um recado à Justiça Mineira,
    Srs. Desembargores,
    _ Que Justiça é esta que vê ilegalidade na greve dos professores, mas não enxerga o óbvio que os professores ganham um PISO menor que o salário mínimo?
    _ Que Justiça é esta que fecha os olhos ao descumprimento pelo Estado de uma Lei Federal que estipula um piso salarial nacional para a educação ?
    _ Que Justiça é esta qe se mostra " preocupada" com a qualidade do ensino. Será possível exigir qualidade de quem ganha um salário tão aviltante?
    _ Que justiça é esta que se curva aos poderosos e se mantém cega e surda aos clamores legítimos de uma classe tõ explorada?
    _ Em que mundo vivem V.Excias?

    (Ass)
    Um professor

    ResponderExcluir

Caro visitante,
Deixe seu comentário para que, assim, possamos melhorar este Blog e, consequentemente, levar melhores oportunidades de leitura às nossas crianças.

Related Posts with Thumbnails